19 de novembro de 2015 às 16h08min - Por Mário Flávio

NOTA OFICIAL
O Partido Popular Socialista de Pernambuco – PPS/PE, em face dos graves acontecimentos que culminaram na intervenção na Prefeitura de Gravatá e no afastamento do prefeito Bruno Martiniano, aprovada pela Corte Especial do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE), vem, de público, congratular-se com o Poder Judiciário pelo acerto da medida. E o faz com legitimidade por ter acompanhado a atuação firme do seu filiado, o Vereador Junior de Obras, que, nos últimos 2 (dois) anos, desempenhou o papel de opositor implacável e, diga-se solitário, da gestão municipal acusando, da Tribuna da Câmara, os desmandos do Prefeito, finalmente afastado.
Foram inúmeros pronunciamentos, requerimentos, assim como denúncias ao Ministério Público, sobre fraudes em licitações, e tantas outras irregularidades agora comprovadas. Tudo isto sob clima tenso, com o vereador sofrendo ameaças e perseguições patrocinadas pelo chefe do Executivo.
Por um dever de justiça, o PPS, ao tempo em que reitera a sua satisfação pela medida saneadora, sente-se na obrigação de registrar o justo reconhecimento da atuação parlamentar eficiente e republicana do vereador Junior de Obras, no exercício do mandato que lhe foi conferido. Tal gesto contribuiu, de forma decisiva, para a salvaguarda dos interesses do povo de Gravatá.
Débora Albuquerque

Presidentes Estadual do PPS


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro