15 de maio de 2012 às 08h39min - Por Mário Flávio

Um crime passional. Esta foi a conclusão da Polícia Civil para o assassinato do escrivão Kleber de Souza Ferraz, de 46 anos, morto a tiros, no dia 22 de junho de 2011, na rodovia PE-95, entre Caruaru e Riacho das Almas, no Agreste do Estado.

Segundo as investigações, o sogro dele, o advogado criminal José de Vasconcelos, de 70 anos, e a filha que era esposa, Angélica de Vasconcelos Ferraz, 33, foram os mandantes do homicídio.

Ambos foram detidos na última sexta-feira, em cumprimento a um mandado de prisão, na cidade de Garanhuns. Pai e filha confessaram o crime, que teve como executor Josimar de Arandas Pereira, 43 anos.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro