12 de maio de 2015 às 17h31min - Por Mário Flávio

 
O Ministério das Cidades confirmou por meio do Diário Oficial da União que o BRT não vem mais para a cidade de Caruaru. Prazos perdidos e até desistência mesmo, foram os motivos alegados pelo ministro Gilberto Kassab na assinatura do decreto. O BRT era apontado pelo governo municipal como uma solução para resolver os problemas de mobilidade em Caruaru, com uma linha que cortaria a cidade de Norte a Sul. 

No entanto, após ser descoberto que os R$ 250 milhões viriam por empréstimo e não repasse, ganhou antipatia da de parte da população, já que a dívida para muitos, iria comprometer a saúde financeira do município para os próximas gestões. Mas o que marcou mesmo o debate sobre o BRT foi a prisão de dez vereadores da cidade. De acordo com a Polícia Civil, todos estavam tentando extorquir dinheiro para votar a favor da liberação do empréstimo. À época, a Polícia citou que o montante chegava a R$ 2 milhões. Os parlamentares negaram as acusações e garantem que foram vítimas de uma armação. 

Devido ao desenrolar do processo, todos estão afastados das funções legislativas e aguadam a sentença por parte da justiça. 


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro