15 de novembro de 2013 às 11h25min - Por Mário Flávio

20131115-111252.jpg

O presidente da Uesc, Gleison Rodrigues, recebeu um importante apoio na confusão envolvendo a entidade estudantil. O presidente da Câmara de Caruaru, Leonardo Chaves (PSD), abriu um espaço de 10 minutos para que o jovem se pronunciasse na Tribuna da Casa. Na ocasião, Gleison pediu apoio dos 23 vereadores ao que ele chama de golpe, que segundo ele, foi instalado na Uesc.

“Hoje o estudante de Caruaru corre o risco de ter um grupo de Recife infiltrado na Uesc com o único interesse, o dinheiro da carteira do estudante. Invadiram a sede da Uesc e se apropriaram de maneira indevida do local. Arrombaram as portas, esse pessoal que aí está não tem compromisso nenhum com os estudantes, é uma golpe, mas não iremos permitir isso”, pontuou.

Vários vereadores se posicionaram a favor de Gleison, entre eles o presidente Leonardo Chaves. “Chegou a hora de unirmos forças para evitar esse golpe. Temos que lutar, os vereadores, partidos e até mesmo a imprensa, para que possamos evitar esse golpe em Caruaru”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro