13 de dezembro de 2012 às 22h57min - Por Mário Flávio

20121213-225718.jpg

O parque Aza Branca será propriedade pública. A notícia foi dada, em primeira mão, pelo governador Eduardo Campos, nesta quinta-feira (13), durante a festa em homenagem ao centenário de Luiz Gonzaga, em Exu, Sertão do Araripe. Na oportunidade, Eduardo assinou um decreto que pede a desapropriação da área, a fim de tornar o local um bem de utilidade pública.

“Decidimos tomar para o Estado a responsabilidade de cuidar desse bem imensurável da nossa cultura popular. Assim, poderemos investir mais na divulgação e na memória desse patrimônio que já era, de fato, do povo pernambucano”, revelou Eduardo, na solenidade realizada no parque, que contou ainda com várias homenagens ao Rei do Baião. Também foram lançados a medalha da Casa da Moeda e o selo dos Correios alusivos à passagem dos 100 anos do Gonzagão.

Em discurso, Eduardo continuou a enaltecer a importância do nosso Rei do Baião, o maior ícone da cultura pernambucana dentro e fora do Brasil. Para ele, Luiz Gonzaga “cantou e contou a história do povo nordestino como ninguém”. “Gonzagão soube cantar as agruras de nossa gente, sem rebaixar a valentia do sertanejo, fazendo da dor rima e poesia”, sublinhou.

Após as homenagens em palavras, o governador e uma grande plateia assistiram à exibição gratuita do filme Gonzaga: De Pai pra Filho. Entre os presentes, estavam o ministro Fernando Bezerra Coelho, o deputado federal Fernando Filho, além de vários representantes da Assembleia Legislativa de Pernambuco, secretários de Estado e autoridades da região.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro