25 de fevereiro de 2013 às 11h55min - Por Mário Flávio

Parlamento Jovem de Caruaru

O Parlamento Jovem de Caruaru (PJC) realizará Audiência Pública na Câmara Municipal de Caruaru nesta quarta-feira (27), com o objetivo de discutir as vagas para compor a segunda edição do PJC.  Toda a sociedade de juventude organizada,  formada por juventudes partidárias, órgãos e segmentos juvenis, está convidada. A atual composição do Parlamento conta com 15 membros e o mandato se encerra em abril, já que o período de legislatura é de um ano. Depois disso, será iniciado um novo processo de indicação de vereadores jovens pelas entidades do segmento para preencher 23 vagas, em conformidade com a ampliação do número de vereadores na Câmara.

No contexto

Jajá, Gilberto de Dora e Sivaldo Oliveira são confirmados na Comissão de Juventude da Câmara de Caruaru

Paulo Tôrres enfrenta crise no Parlamento Jovem

Opinião – Carta aberta da Juventude do PT ao Parlamento Jovem de Caruaru – por Rafael Moreira*

Opinião – O Parlamento Jovem e seu importantíssimo papel – por Jefferson Paz*

Depois de um ano de criação, infelizmente o Parlamento Jovem não conseguiu obter êxito em expandir a discussão sobre políticas públicas para a Juventude, devido a diferentes limitações, entre omissão da Comissão de Políticas Públicas para a Juventude da legislatura anterior, desdém do ex-presidente da Câmara Municipal, Lícius Cavalcanti (PCdoB), e até desentendimento dos membros do parlamento, como foi o caso das picuinhas entre o presidente da entidade, Paulo Tôrres (PTN), e o vice-presidente, Edweiss Arnaldo (PDT). Em paralelo a tudo isso, nenhuma das proposições apresentadas pelos membros do parlamento em 2012 foi analisado na Câmara Municipal.

No entanto, há uma nova composição da Comissão de Políticas Públicas para a Juventude, formada por vereadores indicados pelos membros do PJ, e que se mostra disposta a  apoiar os jovens vereadores. Além disso, o atual presidente da Casa, Leonardo Chaves (PSD), também demonstrou publicamente que pretende apoiar a entidade. Os primeiros resultados disso talvez sejam vistos na na terça-feira (26), quando os jovens vereadores devem se reunir com a Comissão para avaliar tudo que foi apresentado no ano passado e já à noite esse material poderá ser lido na reunião ordinária da Câmara Municipal.

Em um passo de cada vez, a projeção é de que os problemas do Parlamento Jovem se resolvam, mas claramente eles precisam colocar em pauta a renovação das vagas da entidade, já que o propósito do PJC é justamente fomentar a rotatividade de representantes da Juventude para discutir políticas públicas, o que estimula, aliás, que o Parlamento não seja um espaço para confronto de egos ou para que lideranças busque exposição na mídia. Isso embora no ano passado ainda tenha sido cogitado em reunião do Parlamento Jovem que os mandatos atuais fossem prorrogados por mais um ano, ideia que parece ter desaparecido rapidamente, já que segundo o regimento interno do PJC, o exercício do mandato deve ter caráter instrutivo e ocorrer todos os anos, durante um ano legislativo, em data acordada pela comissão executiva, preferencialmente acompanhando o calendário de atividades dos vereadores.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro