24 de fevereiro de 2016 às 22h41min - Por Mário Flávio

reunião

As diversas pré-candidaturas que estão sendo apresentadas até o momento para a prefeitura de Caruaru seguem no foco da renovação. O bloco que fazem parte PSDB, PMN, PSOL, Rede, PHS e outras legendas trabalham como esse foco para o pleito desse ano, numa tentativa de lembrar a população, que faz mais de 30 anos que os grupos tradicionais, liderados pelo prefeito José Queiroz, o ex-governador João Lyra e o deputado estadual, Tony Gel, se revezam no poder.

No entanto, apenas esse discurso basta? Não! A eleição desse ano espera por um debate qualificado e os possíveis candidatos têm que ir além das críticas ou ficar batendo apenas na tecla da renovação. Planos de governo devem ser apresentados com situações que mexam diretamente na vida dos quase 350 mil habitantes que moram em Caruaru.

Agendas como mobilidade, meio ambiente,segurança, geração de empregos e Feira da Sulanca terão que ter propostas concretas e viáveis, para que o eleitor possa ser convencido em não votar nas chamadas oligarquias da política local. Além disso, cada grupo tradicional será representado por algum tipo de legado, já que todos tiveram a experiência de comandar a cidade nas últimas décadas.

Partidos como PMN, PHS e PSDB já iniciaram debates e apresentaram seminários para discutir assuntos de interesse da comunidade. No entanto, o número de pessoas atingidas pela mensagem é pouco, já que os eventos foram realizados em ambientes fechados e distantes dos bairros mais afastados do Centro de Caruaru. A população desses bairros mais carentes espera mais do que reuniões teóricas.

Os movimentos sociais devem ter uma atenção especial também. Atualmente os partidos passam por uma grave crise de representatividade e grupos são apontados como uma saída, para que a comunidade possa de fato ter representatividade. A qualificação do discurso também deve ser observada pelos possíveis candidatos, já que a campanha passada foi marcada por um debate pobre e focado em questões que não representam a vontade da maioria.

AUMENTO NA BASE – Apesar dos problemas de avaliação o governador Paulo Câmara vem mostrando que sabe articular nos bastidores. Ele aumentou a base do governo e minguando o PTB, partido que é comandado pelo ministro Armando Monteiro e que disputou a eleição contra o governador. Nos últimos 30 dias ele conseguiu adesão ao governo de dois destacados deputados estaduais eleitos pelo PTB: Álvaro Porto e Romário Dias. Ambos abandonaram a oposição e se abrigaram no PSD, que é a principal “linha auxiliar” do PSB desde o governo do seu antecessor. Porto e Dias desfalcaram a oposição justamente na região do Estado (Agreste Meridional) em que o senador Armando Monteiro teve ótimo desempenho em 2014 como candidato a governador.

OPOSIÇÃO SEGUE BATENDO – O Governo do Estado já destinou cerca de R$ 8 milhões à Arena Pernambuco este ano, mesmo antes de o governador Paulo Câmara apresentar à população pernambucana que tratamento será dado ao empreendimento, após a realização de um estudo de viabilidade encomendado à Fundação Getúlio Vargas (FGV). A denúncia foi apresentada pelo deputado Silvio Costa Filho (PTB), nesta quarta-feira (24), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

CONFIRMADO – A presidenta Dilma Rousseff confirmou o nome do senador Humberto Costa, atual líder do PT, para o cargo de líder do Governo no Senado Federal. Humberto foi chamado ao Palácio do Planalto, onde foi comunicado da escolha de Dilma pelos ministros Jaques Wagner, da Casa Civil, e Ricardo Berzoini, da Secretaria de Governo. Durante a sessão plenária desta tarde, a mensagem presidencial referendando o nome de Humberto para a Liderança do Governo foi lida em plenário pelo presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL).

ILUMINAÇÃO – Desde que a iluminação pública foi para a gestão da prefeitura de Caruaru que muitos problemas vêm ocorrendo e algumas comunidades estão reclamando da situação. O vereador Carlos Santos (PRB) usou a Tribuna da Câmara e chamou atenção para o fato. “Peço atenção na área pois sabemos que a situação é difícil na cidade e na zona rural. Postes sem lâmpadas têm contribuído para a ação de marginais e a insegurança se agrava na escuridão. Sabemos das dificuldade da demanda e de uma receita que não paga a demanda”, discursou o pastor.

NA DEFENSIVA – O secretário de Infraestrutura de Caruaru, Bruno Lagos, esteve no Jornal das 7 e se esquivou quando o assunto foi a possibilidade de disputar a eleição para prefeito, sendo indicado pelo prefeito José Queiroz. Ele disse que cabe ao prefeito decidir o nome. No entanto, se for convocado, ele vai para a disputa. Tudo vai depender da reunião de Queiroz com Paulo Câmara.

VIBRAÇÃO – Na manhã desta quarta-feira, dia 24, Caruaru foi anunciada oficialmente como parte integrante do Revezamento da Tocha Olímpica e no dia 30 de maio receberá o comboio. São 246 novas cidades que se juntam às 83 que serão os destinos finais da Chama Olímpica em cada dia do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016. Lugares especiais como Fernando de Noronha, Chapada Diamantina, Lençóis Maranhenses, entre outros, estão na rota da Chama Olímpica. O prefeito José Queiroz vibrou e marcou a abertura do São João para o mesmo dia que a tocha estará na cidade.

COM MORAL – O deputado estatual Tony Gel participa do programa nacional do PMDB que irá ao ar nessa quinta-feira a noite. A aparição em rede nacional mostra que o caruaruense segue prestigiado junto a cúpula do partido. Essa semana Gel já foi contemplado com as inserções regionais da legenda. Com esse novo espaço, para muitos, é mais uma prova que ele vai mesmo voltar a disputar a prefeitura.

ENTREVISTA – A situação das policlínicas de Caruaru estará em pauta no Jornal das 7 dessa quinta-feira (25/02). Recebo no estúdio o gestor da UPA do Vassoural e Policlínica do Salgado, Gilson Barros de Souza, e o diretor médico dessas duas unidades, Paulo Lima. Você pode ouvir na Globo FM 89,9, no Tune In ou pelo www.globofm89.com.br.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro