7 de maio de 2014 às 15h26min - Por Mário Flávio

20140507-152640.jpg

Por Ana Rebeca Passos

A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal segue realizando as ouvidas dos vereadores no processo disciplinar que apura a conduta dos parlamentares envolvidos na Operação Ponto Final I e II. Nesta quarta (07) foi a vez de Jadiel Nascimento a prestar esclarecimentos à comissão. Os vereadores estão respondendo a uma pergunta padrão feita pela Comissão de Ética, se houve ou não quebra de decoro.

Em conversa com a imprensa, Jadiel se posicionou. “Foi muito boa essa reunião que tivemos, e todas perguntas que nós respondemos, entendo que foram satisfatórias as respostas que passamos. Estou tranquilo e de consciência tranquila certo do meu dever cumprido. Não houve quebra de decoro. Em nenhum momento nós viemos a agir ou nos comportarmos de tal maneira que viesse a nos comprometermos com quebra de decoro. A própria equipe de vereadores que nós temos nessa casa é testemunha da minha maneira dentro da Câmara”, enfatizou o vereador.

Segundo o relator, vereador Marcelo Gomes (PSB), a comissão tem tentando cumprir o prazo dos 90 dias para conclusão do processo de ouvidas e apuração. “A gente está trabalhando dentro desse cronograma que é 90 dias a partir da primeira notificação de cada vereador. Esse é um procedimento muito complexo, são muitos vereadores e o processo é individualizado”, explicou.

Sobre o depoimento do vereador Jadiel à comissão, o advogado de defesa Gilberto Santos foi questionado pela imprensa em relação às gravações do parlamentar veiculadas ao longo da Operação Ponto Final e se esses áudios foram citados durante o depoimento. “Não foi perguntado isso. Até porque o processo disciplinar tem sido conduzido de uma forma muito aberta, tecnicamente não há nenhuma acusação a nenhum dos vereadores, e isso é um dos pontos que será questionado judicialmente porque nenhuma cidadão pode ser acusado sem ter um fato determinado que lhe seja imputado”, declarou o advogado.

Nesta quinta (08) será a vez de Evandro Silva e na próxima segunda (12) Eduardo Cantarelli, totalizando dez vereadores ouvidos pela comissão. A foto é de Vladimir Barreto/AscomCâmara.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro