3 de janeiro de 2018 às 11h31min - Por Mário Flávio

O blog segue com as análises dos desafios para os políticos de Caruaru em 2018. Hoje é a vez do deputado Tony Gel (PMDB).

O deputado estadual, que desde 1990 ocupa cargos na política, chega para mais uma eleição com alguns desafios. Entre eles podemos destacar o de mostrar como o trabalho de articulador vem surtindo efeitos para Caruaru, eleger o filho para a cidade voltar a ter mais de um deputado federal, oposição ferrenha a gestão de Raquel Lyra e recompor a base, que foi abalada após a derrota para a atual prefeita na eleição de 2016.

Reeleição

O deputado vai para uma reeleição tranquila, isso se levarmos em conta o mandato que Gel faz e a maneira como ele chega a esse pleito. Várias demandas foram atendidas pelo governador Paulo Câmara e isso será usado na campanha. Ele vai ter como meta pessoal manter ou até superar a votação de 2014, quando saiu sendo o deputado estadual mais votado na cidade, superando a própria Raquel Lyra. Se obtiver os mais de 30 mil votos da eleição anterior, sairá eleito de Caruaru.

Articulador

Na campanha o deputado conseguiu trazer o governador para a campanha e a promessa de reaberta do Hospital São Sebastião, além de um Batalhão exclusivo para melhorar a segurança. O hospital ainda não foi retomado, mas o deputado garante que até maio será reaberto. O Batalhão exclusivo ainda não veio, mas o BIESP, melhorou a segurança na cidade e o deputado abraçou a causa e foi citado pelo secretário Márcio Steffane como o articulador da obra. Em entrevista à Globo FM, Gel ainda citou o Batalhão exclusivo e mais quartéis em Toritama e Agrestina.

Tonynho

Uma das metas de Tony é eleger o filho dele, empresário Tonynho Rodrigues, como deputado federal. Levando em conta a última eleição, as chances são possíveis. Pedindo votos para Jarbas Vasconcelos, Tony saiu com cerca de 30 mil votos para o ex-governador. Aliados apontam o carisma de Tonynho para tentar aumentar a votação e com reforço de outras cidades, conseguir eleger o empresário. Tony seria o orientador dele, já que teve três mandados em Brasília e conhece os caminhos.

Oposição

Apesar da derrota de 11 mil votos para a atual prefeita, aliados veem fortalecimento no nome de Tony, que conseguiu a maior votação na história dele em Caruaru, pouco mais de 82 mil votos. O ano complicado para a gestão municipal e a subida no tom nas entrevistas do fim do ano, mostram que o ex-prefeito vai seguir com essa linha, de mostrar os problemas da gestão atual.

PMDB

O PMDB é uma incógnita, já que vive sob o fogo cruzado de Jarbas Vasconcelos, aliado de Tony e o senador Fernando Bezerra Coelho. Gel diz que o direito é bom, mas cado o partido fique mesmo com FBC, o destino dele, de Tonynho, Miriam Lacerda e do próprio Jarbas deve ser mesmo o PSD. Em Caruaru, a legenda é comandada por Adjar Soares, um dos principais pupilos de Tony Gel.

Base

O deputado vai ter que se reinventar com relação a recompor a base. Dos atuais vereadores, 9 apoiaram ele no segundo na eleição para prefeito, mas boa parte foi para a base da prefeita Raquel Lyra. Tony não consuma interferir em mandatos de vereador e disse na entrevista da Globo FM, que esperar contar com a volta de alguns para a eleição desse ano. Além disso, ele conta ainda com os possíveis apoios dos prefeitos de Toritama, Edilson Tavares e Agrestina, Thiago Nunes. O governador Paulo Câmara também pode pedir a algum prefeito aliado do Agreste e até do Sertão, que apoie a reeleição dele.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro