12 de maio de 2013 às 02h21min - Por Mário Flávio

Vergonha. O sentimento só é esse. Estava no avião rumo à Recife por isso que não tinha tido tempo de postar algumas palavras acerca da lamentável atuação da equipe. Alguns que não entendem o tamanho do Central Sport Club, da sua História insistem em dizer que o jogo hoje (sábado 11) “nada valia”, que “pouco importa”. Pois bem, não recordo em toda a trajetória centenária do alvinegro de Caruaru ele ter levado seis gols de um adversário, não ‘intermediário’, porque intermediário somos nós, mas de um time pequeno.

Juntando grandes e pequenos, é a maior goleada que o Central sofreu nos últimos dez anos. Lógico que isso não apaga a vaga na Série D, mas MANCHA de maneira profunda e indelevel a atuação da equipe nesse ano. Daqui a quinze anos quando se abrir os livros de História estará lá a maior goleada que o Central sofreu contra times pequenos. A Série D está na porta, tem gente aí que não pode, não é jogar pelo Central, mas é passar na frente da porta. Revoltado, humilhado, envergonhado. Isso não é o Central que conheço. Esse resultado é o próprio retrato do que está ocorrendo com o Clube fora das quatro linhas.

A desorganização administrativa bate em limites fora do aceitável. Hoje, mais cedo escrevi acerca da situação calamitosa com funcionários do clube sem receber há quatro meses gerando notificação do MTB e multa INICIAL de R$ 20.000 (vinte mil reais) que será dobrada, mensal e progressivamente, a partir do dia 15. Não sou inocente ou bobo a ponto de acreditar em palavras vazias ou vou ficar jogando confete pela participação em uma competição nacional e esquecendo do essencial que é o CLUBE e não a EQUIPE. A situação do Central é, sim, gravíssima.

A razão da conquista da vaga residiu em alguns atletas de caráter, a grande maioria, que, infelizmente não ficará para o próximo campeonato. O Central está de joelhos, perdendo atletas para equipes sem a menor História esportiva como é o caso do ‘famoso’ Lajeadense e sendo gerenciado de uma maneira que chamar de ‘amadora’ é desrespeitar a liga do Dr. Biu. Está aí o meu desabafo.

*Sérgio Pepeu é procurador geral de Alagoas e torcedor do Central


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro