14 de janeiro de 2020 às 09h55min - Por Mário Flávio

Do Blog Cenário

Eleito para o seu primeiro mandato em 1970, o senador Jarbas Vasconcelos (MDB) está prestes a completar, em março, 50 anos ininterruptos de atuação política. Carrancudo e de personalidade forte, Jarbas sempre pregou a ética durante toda sua caminhada, fazendo questão de evidenciar essa posição nos seus discursos. Em algumas ocasiões entrou em rota de colisão com parlamentares e dirigentes emedebistas por discordar da conduta interna de alguns colegas, a exemplo do ex-presidente nacional da sigla Romero Jucá.

Um dos fundadores do MDB, Vasconcelos exerceu diversos mandatos, chegando a ser governador de Pernambuco, prefeito do Recife, deputado federal e deputado estadual. Apesar de ter sofrido uma derrota acachapante para o ex-governador Eduardo Campos (PSB) em 2010, Jarbas não se abalou e deu a volta por cima, conquistando novamente o seu espaço.

Eleito senador em 2018 com 1.430.802 votos, ele voltou à Casa Alta em grande estilo. No auge dos seus 77 anos, é possível que Jarbas encerre sua vida pública no fim deste mandato e mesmo que neste percurso cinquentenário tenha colecionado alguns desafetos, sua história política é e será respeitada por aliados e opositores.

Sem sucesso – Nas eleições de 2012 o senador Jarbas Vasconcelos (MDB) tentou emplacar o seu filho para ocupar uma das vagas na Câmara do Recife. Jarbinhas, como é mais conhecido no meio político acabou amargando sua primeira derrota, recebeu 4.295 votos e não conseguiu se eleger. De lá até aqui, não se arriscou mais.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro