27 de fevereiro de 2012 às 07h00min - Por Mário Flávio

Dia 27 de fevereiro, finalmente o ano vai começar para os políticos da nossa cidade. Apesar de toda movimentação, com o fim do carnaval é que as reuniões e definições sobre a eleição irão começar pra valer. A movimentação é grande e todos os lados movem as peças, como se fosse um jogo de xadrez. Pela situação, o prefeito Zé Queiroz (PDT) já anunciou que no mês de março vai chamar os vereadores dissidentes para uma conversa, a intenção é fumar o cachimbo da paz. O chefe do executivo municipal vai apostar todas as fichas na união da Frente Popular e tentar frear a candidatura de Lícius Cavalcanti (PCdoB).

Na Câmara, os vereadores mais fieis ao prefeito tentam reaproximar o comunista, mas devido a postura e personalidade do presidente da Casa Jornalista José Carlos Florêncio, tal situação é difícil de acontecer. Setores internos do PCdoB defendem a tese da candidatura de Lícus e ele ainda conta com o apoio dos deputados Luciana Santos e Luciano Siqueira. A resistência é do prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, que já recebeu apoio do PDT para a reeleição e quer o mesmo do PCdoB em Caruaru.

A oposição conta com o nome de Miriam Lacerda (DEM) para voltar a comandar a cidade. Em recente entrevista, ela mostrou que tem a intenção de disputar com Queiroz, mas que só vai para o pleito após a decisão do grupo político. As pesquisas de opinião irão indicar se Miriam vai para o páreo, mas ela é o único nome visto pelos analistas com força para disputar o pleito.

As redes sociais estão sendo fundamentais para os políticos ou aliados. Desde o início do ano, que cada grupo presta contas, apresenta denúncias ou faz críticas aos adversários. Esse será um desafio a mais para os políticos, debater na internet o que cada grupo deve fazer para conseguir mais votos na eleição de outubro.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro