23 de abril de 2012 às 06h46min - Por Mário Flávio

Com informações do Jornal do Commercio

Recém-inscrito na prévia no PT que definirá o candidato do partido à Prefeitura do Recife, o deputado federal Maurício Rands larga em terceiro lugar na briga pela sucessão do prefeito João da Costa (PT). É o que revela a nova rodada da pesquisa realizada nos dias 16 e 17 deste mês pelo Instituto de Pesquisas Maurício de Nassau (IPMN), em parceria com o Jornal do Commercio, sobre o cenário eleitoral na capital pernambucana. Na simulação em que o secretário estadual de Governo é colocado como candidato do PT, ele aparece com 6% das intenções de voto. Nesse quadro, o deputado federal Mendonça Filho (DEM) lidera, com 23%, seguido pelo também deputado Raul Henry, que aparece com 12%.

No total, foram pesquisados quatro possíveis cenários para o pleito de outubro. Em dois deles, quando João da Costa é inserido como candidato do PT, ele aparece na frente, com 21% das intenções de voto em ambos os casos (veja quadro nesta página). No entanto, devido à margem de erro do levantamento, que é de 3,5% para mais ou para menos, em um dos cenários há um empate técnico com Mendonça Filho (DEM), que registra 19%. Em outro quadro em que disputa com o prefeito, o candidato do DEM aparece com 15% das intenções de voto.

Na última simulação, a vaga de candidato do PT é ocupada pelo deputado federal João Paulo. Ex-prefeito do Recife por dois mandatos (2000-2004 e 2005-2008), embora ele já esteja declaradamente fora do páreo – desistiu de disputar a prévia e manifestou apoio ao nome de Rands, na semana passada –, ainda surge com a maior pontuação apurada pela amostragem: 36% das intenções de voto.

Em três dos quatro cenários simulados pelo IPMN, a terceira colocação disputada fica com o deputado federal peemedebista Raul Henry. Já o pré-candidato do DEM obtém uma melhor pontuação nos cenários em que não estão colocados o senador Armando Monteiro Neto (PTB) e o ex-deputado Raul Jungmann (PPS). O deputado estadual Daniel Coelho, pré-candidato do PSDB, também marca mais pontos percentuais quando Armando não está presente.

ESPONTÂNEA – Embora o ex-prefeito João Paulo tenha desistido de disputar a indicação do PT para concorrer ao cargo, seu nome ainda é o mais presente na memória do recifense. Na pesquisa espontânea – na qual o entrevistado é questionado sobre em quem votaria para prefeito, sem receber o auxílio de uma lista de nomes –, João Paulo é citado por 25%, contra 12% que se manifestaram em favor de João da Costa. O terceiro mais citado foi Mendonça Filho, com 7% das preferências, seguido por Raul Henry, com 3%.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro