23 de janeiro de 2013 às 09h15min - Por Mário Flávio

20130123-093719.jpg

”Em Pernambuco, está virando lei aquilo que é uma bandeira dos estudantes do Brasil”. Essas foram as palavras do governador Eduardo Campos após assinar o Projeto de Lei que destina 100% dos recursos dos royalties do petróleo para Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação. O PL, que já seguiu na noite desta terça-feira (22) para Assembleia Legislativa de Pernambuco, foi assinado diante de centenas de estudantes, durante a abertura da 8ª edição da Bienal da União Nacional dos Estudantes (UNE), na praia de Casa Caída, em Olinda.

Em seu discurso, Eduardo destacou que foi sua experiência como militante do movimento estudantil que o ensinou a servir o estado hoje. O governador também conclamou a juventude a “usar seu talento e energia” para sentar à mesa com o Governo Federal e com governadores dos Estados produtores e não produtores para “arrancarmos um consenso que una o Brasil”, arrematou ao som dos aplausos dos estudantes.

Eduardo também defendeu a “melhor distribuição” dos royalties para assegurar mais recursos para melhorar educação pública no Estado e para “embalar” as lutas dos estudantes em todo o Brasil. “O dinheiro dos royalties do petróleo precisa ser direcionado para aquilo que porta futuro, para legarmos às futuras gerações uma educação de qualidade, que possa construir cidadania, capacidade de refletir e de construir um país muito mais equilibrado socialmente”, justificou o governador.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro