MTur destina cerca de R$ 4,8 milhões para obras de infraestrutura turística em cidades pernambucanas

Mário Flávio - 14.01.2022 às 18:41h


O governo federal, por meio do Ministério do Turismo, vai investir cerca de R$ 4,8 milhões em obras de infraestrutura turística em três cidades pernambucanas: Igarassu, Chã Grande e Quipapá. O objetivo é melhorar a experiência dos visitantes e dos moradores e atrair cada vez mais turistas à região.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, reforçou que a prioridade do governo federal, do presidente Jair Bolsonaro, é investir o dinheiro dos brasileiros no Brasil. “Sou pernambucano e tenho muito orgulho da minha terra. Uma terra cheia de riquezas naturais e culturais que todos precisam conhecer. Estamos investindo não só em Pernambuco, mas em todo o Brasil, investindo no nosso turismo, para que ele seja cada vez melhor e gere cada vez mais emprego e desenvolvimento para o país”, afirmou.

Do total dos recursos, mais de R$ 3,8 milhões serão destinados à pavimentação do acesso à Serra das Russas em Chã Grande, distante 82 km da capital, Recife. A cidade é muito procurada por turistas por suas belezas naturais e por moradores de cidades vizinhas que buscam um clima de montanha durante o inverno.

Além disso, Chã Grande é um importante destino de turismo religioso do estado e atrai turistas e romeiros, principalmente durante as festividades tradicionais de São Padre Pio e São Roque, realizadas em setembro e agosto, respectivamente. Cerca de 3 mil pessoas visitam a cidade todos os dias durante estes eventos.

Igarassu, por sua vez, localizada na Região Metropolitana do Recife, vai ganhar um novo Centro de Atendimento ao Turista. O investimento de cerca de R$ 239 mil do MTur, também contemplará a reforma da praça do distrito de Nova Cruz que ganhará banheiros públicos, equipamentos de uso comunitários e iluminação para fomentar a prática de lazer e esporte, além de atrair mais visitantes ao local.

O Ministério do Turismo vai investir, ainda, mais de R$ 728 mil para a construção de um centro de eventos e de um mirante no município de Quipapá, distante cerca de 200km do Recife. As intervenções incluem novos banheiros, bancos, paisagismo, acessibilidade, sinalização turística e iluminação.