14 de fevereiro de 2013 às 16h35min - Por Mário Flávio

20130214-164543.jpg

O ex-ministro da Justiça Fernando Lyra faleceu no Instituto do Coração (InCor), na capital paulista. Ele estava em coma há mais de 20 dias, respirando mecanicamente. Ele havia sido internado no dia 5 de janeiro, quando foi transferido do Hospital Português, no Recife. Apresentava um quadro de insuficiência cardíaca congestiva grave, associada a infecção sistêmica e insuficiência renal aguda.

O quadro se desenvolveu a partir de uma infecção urinária agravada pela doença no coração, que o acomete há 20 anos.

Lyra foi ministro da Justiça do governo Sarney, de março de 1985 a fevereiro de 1986. Foi deputado federal por sete mandatos seguidos, entre os anos de 1971 e 1999. O último cargo público ocupado por ele foi o de presidente da Fundação Joaquim Nabuco, de 2003 a 2011.

O corpo dele será velado na Assembléia Legislativa de Perambuco, na rua da Aurora, no Recife. E enterrado no cemitário de Paulista, no Grande Recife.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro