18 de janeiro de 2017 às 11h59min - Por Mário Flávio


Assessores do ministro da Educação, Mendonça Filho, estiveram no Sertão Central na data de ontem (16) com duas finalidades: discutir com os prefeitos da região a instalação de mais dois cursos oferecidos pela UNIVASF (Universidade do Vale do São Francisco) e identificar um local na cidade de Salgueiro para a instalação de um campus definitivo da instituição.

“Estamos trabalhando para oferecer aos pernambucanos, em especial aos jovens do Sertão, mais acesso à universidade pública. O campus da UNIVASF em Salgueiro será uma realidade. Vamos começar com o campus provisório e seguir trabalhando pata viabilizar a obra definitiva”, disse o ministro da Educação, que é deputado federal pelo DEM de Pernambuco. O campus da UNIVASF em Salgueiro vai oferecer os cursos de Engenharia de Produção e Ciências da Computação.
Mendonça garantiu que trabalhou pela criação da Universidade do São Francisco ao lado do ex-deputado Osvaldo Coelho, já falecido, no governo do então presidente FHC.
Além disso, acrescentou, como governador assinou o convênio para cessão de uso do prédio do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) pela UNIVASF. À época o prédio foi cedido para ser usado como Centro Interativo de Ciências.
“Hoje, como ministro da Educação, continuo este trabalhando de fortalecimento e ampliação da UNIVASF para oferecer aos sertanejos mais oportunidade de formação e acesso ao mercado de trabalho”, declarou o ministro.
Em 2016, segundo a assessoria do Ministério, a UNIVASF recebeu cerca de R$ 55 milhões para custeio e obras. Somente para a Policlínica-Escola do Campus Petrolina foram R$ 2 milhões e mais R$ 2 milhões para manutenção do Programa Nacional de Assistência Estudantil, que contempla estudantes de baixa renda com Bolsa Permanência, Auxílio Transporte, Auxílio Moradia e Residência Estudantil.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro