Mendonça e Coelhos ganham na Justiça a reativação dos diretórios do Recife e mais oito municípios

Mário Flávio - 05.05.2023 às 12:22h

A Justiça garantiu mais uma vitória ao grupo representado pelo deputado federal e presidente do União Brasil Recife, Mendonça Filho, e pelos deputados Fernando Filho, Antonio Coelho e pelo ex-prefeito Miguel Coelho.

Por decisão liminar e sob pena de multa diária de R$100 mil, o diretório estadual do União Brasil em Pernambuco deve regularizar de imediato a situação dos diretórios de Recife, Bezerros, Belo Jardim, Petrolina, Brejão, Pesqueira, Cupira, Casinhas e Orobó. Esses diretórios foram eleitos em convenção municipal realizado legalmente e cumprindo o estatuto partidário, mas, não foram registrados ou cadastrados pela Executiva Estadual como previsto por Lei, por manobras políticas de Marcos Amaral.

“Mais uma vez a Justiça reconheceu o nosso direito e a legalidade as eleições municipais nesses municípios. O diretório estadual não poderá mais, sob força de decisão judicial, continuar desrespeitando o estatuto partidário negando o registro no TSE ou a senha que nos garante o funcionamento pleno do partido nesses municípios”, afirmou Mendonça, explicando que os diretórios precisam da senha do sistema para fazer cadastramento de filiados, registrar e receber doações, movimentar conta bancária e cumprir com suas obrigações.

RECURSO – Quanto à eleição do diretório estadual, que está subjudice em meio a uma batalha judicial, o jurídico que representa o grupo dos Coelhos e de Mendonça, informou que vai recorrer da recente decisão da Justiça que manteve a convenção estadual realizada com a participação de mais 40 diretórios municipais irregulares.

O grupo tinha ganho uma liminar que reconhecia a irregularidade do processo eleitoral da convenção estadual. Com essa nova decisão, o jurídico informou que está adotando as providências cabíveis para anular a eleição da estadual, que foi recheada de irregularidades e arbitrariedades, violando a legislação partidária e o estatuto do União Brasil.