22 de dezembro de 2015 às 07h04min - Por Mário Flávio

Médicos

Ainda na noite dessa segunda-feira (21) o médico Bartolomeu Bueno da Mota deixou as dependências da Penitenciária Juiz Plácido de Saouza. Ele foi um dos indiciados pela Operação Hipócrates, que investigou o possível esquema de venda de cirurguias ortopédicas no Hospital Regional do Agreste. Ele foi o único a sair ontem das unidades prisionais, os demais devem ganhnar a liberdade para cumprir a prisão domiciliar ainda nessa terça-feira (22/12).

O médico foi absolvido da acusação de integrar à organização criminosa. Situação igual para o também médico Ricardo Cavalcanti Marinho. O primeiro teve o seu regime de prisão preventiva revogado enquanto o último apenas tinha se submetido ao sistema de condução coercitiva.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro