14 de agosto de 2012 às 20h44min - Por Mário Flávio

O coordenador jurídico da Coligação Caruaru em Boas Mãos, Marcelo Cumarú, se diz tranquilo quanto a reconsideração da decisão do Desembargador Ronnier Preus. Segundo ele, o mesmo foi induzido a erro, já que na medida cautelar, foi juntada a decisão liminar em favor de Reginaldo França, que já teria sido cassada pela 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça. “Não tenho dúvida que a decisão do Juiz Jefferson Félix será restabelecida, já que as reais informações que demonstram a titularidade do PMDB nas mãos de Severino Soares (Bibiu) e a validade da convenção serão apresentadas ao nobre Desembargador. Assim como revertemos outras decisões equivocadas, reverteremos essa”, disse.

No contexto

PMDB – Desembargador suspende decisão de Jefferson Félix e partido fica sem coligação em Caruaru

A coordenação jurídica da campanha garante que recorre ainda nesta quarta-feira (15). O advogado Marcílio Cumarú, que também faz parte do jurídico, criticou as manobras feitas pela situação para manter o PMDB na base do governo. “A intenção dos aliados é somente desastibilizar o processo eleitoral, pois, nunca vimos um partido ser formado por determinação judicial, afrontando o Presidente do Diretório Estadual e todas as decisões judiciais do TRE, TJE, Justiça Eleitoral e Justiça Comum e a Constituição Federal em seu art. 17, §1º, sempre com liminares temporárias e indução do judiciário a erro. Esclareço que o tribunal não determinou a retirada da Comissão do PMDB de Caruaru de Bibiu, isto é bom ressaltar a imprensa para não ser propagada outra inverdade”, ponderou.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro