Marcelo Álvaro Antônio terá que indenizar Felipe Neto em R$ 50 mil

Jorge Brandão - 02.05.2023 às 10:25h
Foto: Reprodução

O ex-ministro do turismo de Jair Bolsonaro (PL) e agora deputado federal, Marcelo Álvaro Antônio (PL-MG), foi condenado a pagar R$ 50 mil de indenização para o influenciador Felipe Neto, por causa de um processos de 2020 por direito de imagem e dano moral, quando o parlamentar fez postagens associando o youtuber à pratica de pedofilia e insinuou que ele fazia livros pornográficos para crianças. As informações são do Correio Brazilense.

A decisão foi tomada pela juíza Alessandra Cristina Tufvesson, da 3ª Vara Cível do Rio de Janeiro, que ainda determinou que Marcelo Álvaro exclua os comentários de suas redes sociais e que se retrate publicamente.

“Tudo sob pena de multa diária de R$ 500, limitada, inicialmente, em R$ 10 mil; e ao pagamento de compensação por danos morais no valor de R$ 50 mil, acrescida de correção monetária pelos índices da CGJ desde esta data e juros de mora de 1% ao mês a contar do evento danoso”, escreveu a magristrada.

Nas redes sociais, Felipe Neto comemorou a decisão. “Mais um q tentou me associar com pedofilia, ganhou a chance de provar na justiça e o resultado tá aí”, disse.