5 de março de 2014 às 09h55min - Por Mário Flávio

Líder do PMDB na Câmara, o deputado Eduardo Cunha (RJ) defendeu ontem o rompimento da aliança nacional do partido com o PT. Com críticas ao presidente do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, Cunha disse que o PMDB “não é respeitado pelo PT” –por isso os peemedebistas devem repensar a união com o principal aliado para as eleições de outubro.

“A cada dia que passa me convenço mais que temos de repensar esta aliança, porque não somos respeitados pelo PT”, disse em seu perfil no Twitter. Em entrevista à Folha, o peemedebista reiterou as críticas e a defesa do fim da aliança ao afirmar que Falcão desrespeitou o PMDB ao atacar lideranças da sigla.

“Não preciso xingá-lo como fizeram outras lideranças do PMDB porque não sou igual a ele. Mas por onde passa o Rui Falcão, mais difícil fica a aliança”, afirmou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro