8 de fevereiro de 2012 às 21h36min - Por Mário Flávio

O presidente da Câmara de Caruaru, Lícius Cavalcanti (PCdoB), deve apresentar nos próximos dias a solicitação de uma audiência pública para debater a questão do voto biométrico. A meta do comunista é mostrar ao Tribunal Regional Eleitoral que o atendimento na sede do cartório eleitoral não é o ideal e pode ser melhorado.

O vereador acredita que se o TRE oferecer melhores condições de atendimento, a população que ainda não se cadastrou vai comparecer em massa e com isso, a cidade poderia ultrapassar a marca de 200 mil eleitores, o que garantia a realização do segundo turno na Capital do Agreste.

Diariamente o comunista recebe muitas reclamações de eleitores, devido a pouca quantidade de servidores, que atendem aos futuros eleitores. No mês de janeiro, mais quatro mil pessoas regularizaram a situação. Com esse novos eleitores a cidade passa a contar com 167 mil eleitores que fizeram o recadastramento.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro