7 de outubro de 2013 às 08h43min - Por Mário Flávio

20131007-084345.jpg

A cada reunião fica mais evidente o clima pesado na Câmara Municipal. Muitas agressões, galhofas e palavras de provocação entre governistas e oposição. O presidente da Casa, vereador Leonardo Chaves (PSD), não poupou palavras para avaliar a atual composição da Câmara. Segundo ele, em todos os anos que foi presidente da Casa, nunca teve um mandato com tanto trabalho, já que alguns edis não têm a postura adequada na atribuição da função. Ele disse que já se arrepende em ter aceitado a indicação do governo para comandar a Câmara.

“O clima está pesado. Não dá para continuar com esse disse-me-disse aqui. São muitos ataques pessoais na Câmara e temos que se comportar com clima de respeito e solidariedade com os nossos companheiros e autoridades que são mencionadas nos discursos. Com toda experiência que eu tenho, com todos esses 14 anos em que fui presidente da Câmara, nunca tive uma Legislatura que me desse tanto trabalho. Se soubesse que já ser assim, talvez nem tivesse assumido à presidência”, desabafou.

O edil disse ainda que vai engrossar pra cima dos vereadores e punições podem ocorrer. “A gente tem tido uma preocupação muito grande, contato com os vereadores, realizando várias reuniões e tenho dito a eles que quem faz a Câmara boa ou ruim somos nós. Falta ética a alguns vereadores na forma de se dirigir as pessoas. Tem que haver o respeito e isso está faltando na Câmara, tem gente agindo como se pudesse fazer tudo na Câmara e não é assim. Vou fazer uma nova reunião e ser ainda mais duro com o Regimento Interno da Câmara, para cobrar uma melhor postura de alguns vereadores, mas eu tenho encontrado muitas dificuldades”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro