22 de março de 2013 às 17h27min - Por Mário Flávio

20130322-174909.jpg

Em nota enviada pela prefeitura de Caruaru, a procuradoria do município informou que acaba de ser comunicada sobre a decisão judicial que considera a greve dos professores da rede municipal de ensino ilegal. A Justiça determina o retorno imediato dos professores ao trabalho, inclusive com a compensação dos dias parados sob pena de multa diária de R$ 1.000,00. A decisão foi assinada pelo juiz Fernando Santos de Souza, da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Caruaru.

Acesse a sentença proferida pela Vara da Fazenda Pública clicando aqui

Segundo o assistente técnico da Procuradoria Municipal, Felipe Vila Nova, a paralisação alternada dos professores foi considerada greve. “A legislação trabalhista entende que existem diferentes tipos de greve, como acontece com a greve intermitente. A Justiça entendeu que, mesmo com paradas alternadas, essa mobilização se enquadra como movimento grevista”, explicou Felipe.

Em contato com o presidente do SISMUC, Eduardo Mendonça, o sindicalista preferiu não se pronunciar, já que o sindicato ainda não foi comunicado.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro