18 de janeiro de 2013 às 17h25min - Por Mário Flávio

Da Folha

Jorge Ben Jor será uma das principais atrações do 49ª edição do Baile Municipal do Recife, que acontece no próximo dia 2 de fevereiro, no Chevrolet Hall. Também animam a noite Elba Ramalho, Alceu Valença, Nena Queiroga, Almir Rouche, Naná Vasconcelos, Claudionor Germano, André Rio, Marrom Brasileiro, Josildo Sá, Coral Edgard Moraes e Ed Carlos. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (18), em entrevista coletiva concedida no Arcádia do Paço Alfândega.

A abertura da festa acontece às 22h30 com o show de Naná Vasconcelos, que juntamente com o fotógrafo Alcyr Lacerda, é o homenageado do Carnaval deste ano. Os portões serão abertos às 20h, enquanto o Concurso de Fantasias (Originalidade e Luxo) começa às 21h. A novidade desta edição fica por conta do “Concurso de fantasia Alcyr Lacerda”. Os foliões serão fotografados ao chegar no Baile. Duas fantasias serão premiadas nas categorias “Frevo, Patrimônio da Humanidade” e “Originalidade”. O vencedor de cada levará para casa R$ 2 mil.

Geraldo Julio exaltou a importância da contribuição dos artistas pernambucanos na festa. “Teremos grandes atrações nacionais, mas é com muita satisfação que realizo o primeiro Carnaval à frente da Prefeitura com eles, que são meus amigos antes de eleições. Vamos todos para a festa, eu quero ver todo mundo com as pernas doídas no domingo!”, encerrou o prefeito. Como já adiantado pela Folha de Pernambuco, o arquiteto Carlos Augusto Lira será o responsável pela decoração tanto do Baile quanto de todo o Carnaval do Recife. Na ocasião, o arquiteto antecipou como ficará o Chevrolet Hall para o Baile, por meio de uma projeção em 3D.

De acordo com Lira, a identidade visual permanecerá multicultural, mas não terá muitas novidades. Os foliões também poderão ver os homenageados por toda a parte. “Apesar de a família de Alcyr Lira ter permitido a utilização de cores nas fotografias, preferimos utilizar o trabalho original em preto e branco. Já Naná, poderá ser visto de passista de frevo, com roupas afro, ‘a la ursa’ e até mesmo vestido de mulher, que é uma marca irreverente do nosso Carnaval”, brincou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro