18 de março de 2013 às 19h25min - Por Mário Flávio

20130318-164752.jpg

O vice-governador João Lyra (PDT) não pôde ter uma conversa definitiva sobre sua saída do PDT para o PSB na última sexta-feira (15). O afastamento de Brizola Neto do Ministério do Trabalho teria sido o motivo de una rearrumação na agenda.

“O afastamento de Brizola Neto, deu uma mexida grande na agenda. Conversei com o senador Cristovam Buarque, estava marcada até uma audiência na sexta-feira com Carlos Lupi, mas não foi possível concluir as conversações. Terei que voltar amanhã ou na quarta a Brasilia”.

Já quanto a uma possível conversa com o presidente do partido em Pernambuco, Zé Queiroz, o vice-governador disse que ainda vai tocar no assunto. “Não sei ainda. Vai depender do que houver em Brasília”, explicou. Em entrevista ao blog, Queiroz disse que se empenhou para que João fosse indicado vice-governador e que gostaria de mantê-lo no partido.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro