24 de abril de 2014 às 11h40min - Por Mário Flávio

20140424-114110.jpg

Por Mery Marques

No primeiro discurso, depois de reassumir o mandato na Câmara Municipal, na última terça-feira, o vereador Jajá (sem partido) afirmou que vai continuar com os trabalhos, denunciando problemas na saúde, a educação e o meio ambiente. O edil ainda disse que a situação da educação no município é vergonhosa, citando que há dois meses os alunos estão sem aula, em virtude da greve dos professores municipais.

Na ocasião, ele convidou os colegas da Casa para unir forças e lutar defendendo os direitos da cidade, pois, nas palavras dele, Caruaru precisa mudar. “A situação da saúde é temerosa, a educação nem se fala. Tenho certeza que a oposição fez falta na Câmara, mas o fusquinha voltou”, fazendo referência à frase outrora dita pelo vereador Evandro Silva (PMDB), de que a oposição cabia num fusca, mas que passava por cima de uma locomotiva, uma analogia ao governo Zé Queiroz (PDT).

O vereador ainda defendeu que “o único mal que fez foi preservar os direitos da população e confia que a justiça será feita”.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro