13 de janeiro de 2016 às 07h09min - Por Mário Flávio

coronelmario

O interventor de Gravatá, coronel Mário Cavalcanti, apresentará na próxima segunda-feira (18), às 9h, o resultado auditoria feita no município, que teve o então prefeito Bruno Martiniano afastado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco há dois meses.

Empenhado em resolver todas as pendências salariais, o interventor espera quitar a segunda metade do salário de outubro no próximo dia 21, ficando pendente apenas a segunda parcela do 13º. O grande problema, no entanto, é a questão dos fornecedores da prefeitura.

É que a gestão referiu privilegiar a questão dos salários dos servidores e a regularização da coleta de lixo, feita por meio de contrato emergencial.

Na segunda-feira será apresentada uma radiografia de Gravatá. Após a intervenção ser decretada, o juiz Severiano de Lemos, da 1ª Vara Civil do município, bloqueou R$ 200 milhões da conta da Prefeitura de Gravatá e R$ 4 milhões da conta corrente do prefeito afastado Bruno Martiniano e da esposa dele. No entanto, na conta da prefeitura foi encontrado apenas R$ 1 mil.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro