Grupo Heineken anuncia investimento bilionário em Pernambuco

Mário Flávio - 04.05.2023 às 23:19h

Pernambuco atraiu um novo investimento que vai gerar emprego e renda, além de implementar ações sustentáveis para o Estado. O Grupo Heineken anunciou que vai triplicar a capacidade produtiva de três marcas de cervejas na sua planta localizada em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR), com investimento que somará R$ 1,2 bilhão e garantirá mil postos de trabalho.

A unidade pernambucana também vai se tornar a primeira da companhia a antecipar a meta de consumo de água. A formalização do aporte ocorreu nesta quinta-feira (4), em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas com a governadora Raquel Lyra e representantes do Grupo Heineken.

“O Estado celebra o anúncio desse investimento bilionário do Grupo Heineken com a certeza de que a companhia não só ampliará suas atividades em Pernambuco, como também irá melhorar a eficiência da utilização dos recursos naturais. É uma expansão que vai trabalhar a geração de oportunidade conectada ao desenvolvimento sustentável, com a redução de emissão de carbono, reutilização da água e diminuição do consumo de energia”, ressaltou Raquel Lyra.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Guilherme Cavalcanti, destacou o novo ciclo de crescimento do polo de bebidas de Pernambuco, um dos mais tradicionais da economia local. “Na contramão da crise, vemos os grandes players do setor, como a Heineken, anunciando investimentos em ampliação da produção no Estado, o que evidencia a resiliência do setor, a atratividade de Pernambuco como ambiente de negócio e a sua posição estratégica privilegiada para o atendimento dos mercados do Norte e Nordeste”, analisou.

Apenas no segmento de cervejarias, o polo de bebidas tem 12 unidades de produção de cervejas e chopes, que totalizam 2,4 mil postos de trabalho diretos. Boa parte delas conta com incentivos fiscais, por meio do Programa de Desenvolvimento de Pernambuco (Prodepe), coordenado pela secretaria e Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe).

A companhia irá impulsionar o portfólio puro malte, com a ampliação da produção das marcas Amstel, Devassa e Tiger, e definirá a antecipação de sua meta de consumo de água para 2.9 hl/hl (1 hectolitro = 100 litros). A unidade de Igarassu também vai operar com 100% de energias renováveis, incluindo a utilização de caldeiras de biomassa com reaproveitamento dos efluentes tratados, retroalimentando seu sistema energético.

Para o período de obras, o grupo vai criar 700 postos de trabalho, e após a finalização das intervenções, serão geradas 130 vagas diretas, totalizando mais de mil colaboradores. A previsão é de que as obras sejam finalizadas até 2024.

“Há dez anos chegamos ao Brasil com a marca Heineken e expandimos o portfólio mainstream puro malte que se tornou uma referência de qualidade e sabor para os consumidores. Essa aceitação transformou o mercado brasileiro em um dos protagonistas nos resultados globais da companhia, o que nos permite expandir nossos investimentos no Brasil”, afirmou Maurício Giamellaro, CEO do Grupo Heineken no Brasil.

Pernambuco também será beneficiado por programas de impacto social por meio do Instituto Heineken. O projeto visa contribuir para o equilíbrio das comunidades da região e para a melhoria nas oportunidades de trabalho aos profissionais catadores, vendedores ambulantes e jovens em situação de vulnerabilidade.

O município de Igarassu foi o primeiro a receber um programa do instituto, que formou 150 jovens no último ano por meio do WeLab, uma jornada de aprendizagem pessoal e profissional gratuita, que capacita jovens de 18 a 24 anos em situação de vulnerabilidade social.

A partir das ações anunciadas pela companhia, o investimento prevê a modernização e implementação de tecnologias para ganho de eficiência energética e hídrica, geração de emprego e renda, além de iniciativas que visam o desenvolvimento socioeconômico e impacto social para as comunidades onde a indústria está inserida.

Estiveram presentes no evento os secretários estaduais Guilherme Cavalcanti (Desenvolvimento Econômico), Ana Luíza Ferreira (Meio Ambiente, Sustentabilidade e Fernando de Noronha), Coronel Hercílio Mamede (Casa Militar), Almir Cirilo (Recursos Hídricos e Saneamento), Daniel Coelho (Turismo e Lazer), Evandro Avelar (Mobilidade e Infraestrutura), Aloisio Ferraz (Desenvolvimento Agrário, Agricultura, Pecuária e Pesca), Rodolfo Costa Pinto (Comunicação), Túlio Vilaça (Casa Civil), Regina Célia (Mulher), Simone Nunes (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Carolina Cabral (Desenvolvimento Social, Criança, Juventude e Prevenção às Drogas), Lucinha Mota (Justiça e Direitos Humanos) e Eduardo Vieira (Chefe de Gabinete).

Também marcaram presença o deputado federal Mendonça Filho; os deputados estaduais Joãozinho Tenório, Eriberto Filho, Mário Ricardo, Antônio Moraes e France Hacker; a administradora de Fernando de Noronha, Thallyta Figueirôa; o presidente da Adepe, André Teixeira Filho, e a prefeita de Igarassu, Elcione Ramos, e o vice-presidente de Sustentabilidade e Assuntos Corporativos do Grupo Heineken, Mauro Homem.

Fotos: Janaína Pepeu/Secom