18 de maio de 2012 às 07h37min - Por Mário Flávio

Os professores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) deflagraram, ontem, greve por tempo indeterminado. Eles se juntam aos docentes de outras duas instituições federais de ensino superior em Pernambuco, as Universidades Federal Rural (UFRPE) e do Vale do São Francisco (Univasf), que já tinham anunciado a suspensão das atividades.

Com isso, em todo o Estado, cerca de 50 mil alunos serão prejudicados pelo movimento. A mobilização faz parte de uma ação nacional. A categoria reivindica a implementação de uma carreira única para os docentes. Entre os estudantes, há muitas dúvidas em relação à adesão dos profissionais.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro