9 de março de 2012 às 10h30min - Por Mário Flávio

Com a decisão dos servidores da Destra criou-se a expectativa sobre como iria funcionar a autarquia durante a paralisação. A expectativa era que durante a paralisação os serviços funcionassem com 30% do efetivo, mas segundo o presidente do Sismuc, Eduardo Mendonça, a adesão da categoria pode ser em sua totalidade. “A Destra não é serviço essencial para a comunidade, por isso, não se faz necessário manter o funcionamento de 30% do efetivo”, pontuou Mendonça.

A greve tem início na próxima terça e pela manhã os servidores prometem uma mobilização pelas ruas do Centro de Caruaru. A adesão da categoria surpreendeu aos dirigentes do Sismuc, já que é grande o número de servidores presentes nas assembleias.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro