10 de novembro de 2012 às 08h25min - Por Mário Flávio

Na feira livre de Gravatá foi iniciado, desde a sexta (09), uma ação de sensibilização e combate ao trabalho infantil. Agentes da Secretaria de Ação e Desenvolvimento Social e uma representante do Conselho Tutelar de Gravatá estão abordando as crianças e jovens que trabalham na feira, apresentando o projeto e coletando os dados para cadastros nos projetos realizados na cidade voltados para eles.

Este trabalho vem sendo desenvolvido pelos assistentes sociais que fizeram reunião com pais e responsáveis, e desta vez, os agentes estão indo em busca de novos jovens e verificar os que já estão cadastrados nos programa, se eles ainda continuam no trabalho infanto-juvenil.

O trabalho continua neste sábado (10) e segue até os finais de semana de dezembro. Após a coleta de dados, os projetos serão estudados para incluir as crianças e jovens nos programas sociais como por exemplo, Peti para crianças de 12 e 13 anos, e Projovem para jovens de 15 a 18 anos.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro