15 de novembro de 2013 às 15h17min - Por Mário Flávio

20131115-151735.jpg

O Programa Pernambucano de Inclusão Sociodigital – Conexão Cidadã, que vai disponibilizar os serviços de telefonia e internet 3G para mais de 1,5 milhão de pessoas residentes em 125 vilas e povoados do Interior do Estado, já começa a ser implantado em dezembro – e terá outras duas etapas, sendo concluído em junho de 2014. O lançamento do programa foi feito nesta sexta-feira (15/11), pelo governador Eduardo Campos, na Sede Provisória do Governo do Estado, no Centro de Convenções. Na ocasião, foi celebrada parceria de cooperação técnica com a Telefônica/Vivo – responsável pela prestação do serviço. Ao todo, serão investidos cerca de R$ 36 milhões no projeto.

Para o governador, o programa traz valores fundamentais como democracia e cidadania. “Não se pode negar o direito à informação e deixar, sobretudo, mais de 500 mil pessoas da Zona Rural largados no século XIX. Porque isso é reproduzir um padrão de desigualdade, ao invés de legar uma justiça de acesso à cidadania. Ao lado da telefonia móvel, teremos a possibilidade do link com a internet, um ganho imensurável à informação, à educação e à comunicação em geral”, defendeu Eduardo.

O Conexão Cidadão prevê a criação de “Espaços de Conexão Cidadã”, que serão abastecidas com uma conexão de 20 Megas da tecnologia 3G da empresa Vivo. Esse espaços ficarão localizados em pontos gerenciados pelas administrações municipais e de acesso gratuito à população. O secretário de Ciência e Tecnologia, Marcelino Granja, comemorou a parceria com a Vivo. “O governador sempre nos cobrava, nas reuniões de monitoramento, uma saída para tirar esses localidades do isolamento. Hoje, vemos aqui mais que um programa, e sim uma política pública estruturada, que atende aos interesses da população”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro