4 de abril de 2014 às 07h07min - Por Mário Flávio

20140404-070816.jpg

Os atendimentos de urgência e emergência da Região Metropolitana do Recife receberam um aporte de R$ 77 milhões do Governo de Pernambuco. Três hospitais tivessem seus atendimentos emergenciais ampliados. O Hospital do Câncer, que fica no bairro de Santo Amaro, no Recife, ganhou mais um bloco, espaço que contará com sete pavimentos e abrigará a emergência, a unidade de terapia intensiva (UTI) e um pavimento reservado para a Unidade de Transplante de Medula Óssea. O governador Eduardo Campos, acompanhado da primeira-dama Renata Campos, inaugurou a nova ala do Hospital do Câncer e promoveu, nesta quinta-feira (03/04), uma maratona em prol da saúde, entregando também os novos espaços dos hospitais Barão de Lucena, na Iputinga, e da Restauração, no Derby, ambos na Capital.

“Nós trabalhamos para fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) e melhor atender a população pernambucana. Essa obra do Hospital do Câncer durou 20 anos e chegou a um ponto que ninguém acreditava que era possível ser finalizada, mas nós entregamos. Nós sabemos que as mudanças significativas não acontecem da noite para o dia, mas é importante ressaltar que tudo é possível com dedicação”, afirmou o governador, em tom de despedida, lembrando que deixa o Governo de Pernambuco nesta sexta-feira (04/04), com “a certeza de ter contribuído para a realização de muitos sonhos”.

A nova emergência do Hospital de Câncer aumentou de cinco para 31 leitos. Com a inauguração do bloco anexo, o centro cirúrgico também foi ampliado, passando de oito para 12 salas, enquanto o número de leitos de UTI passa de 10 para 20. Além disso, serão construídas 14 enfermarias (dois leitos em cada uma, totalizando 28) e cinco apartamentos (cada um com um leito). A ampliação custou R$ 27 milhões, recursos do Governo de Pernambuco. Atualmente, a unidade possui 268 leitos e faz, mensalmente, 1,5 mil atendimentos na triagem, 7,5 mil consultas, 700 cirurgias e 25 mil tratamentos de quimioterapia.

Já o Hospital Barão de Lucena ganhou novas emergências pediátrica e obstétrica. Com o objetivo de ampliar e elevar a qualidade do atendimento, foram investidos R$ 36 milhões na estrutura física do hospital. O governador aproveitou a visita para inaugurar a Casa das Marias, serviço que abriga as mães de bebês ainda internados. De acordo com a direção da unidade, essa é a segunda etapa do Plano Diretor de Obras do hospital. A emergência obstétrica dobrou, passando de quatro para oito. Já a pediátrica passa de seis para 19. Cada uma ainda terá um leito de observação, totalizando 29.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro