25 de fevereiro de 2014 às 17h13min - Por Mário Flávio

Em reunião de monitoramento das ações do período carnavalesco, o governador Eduardo Campos (PSB) e o prefeito Geraldo Julio (PSB) decidiram cancelar os respectivos camarotes oficiais que seriam armados no desfile do Galo da Madrugada e o do Armazém 12, no Marco Zero. Com a decisão, o espaço localizado no Bairro do Recife vai abrigar um Posto de Comando Integrado, reunindo a Secretaria da Defesa Social e a Guarda Municipal, enquanto os dois camarotes da Avenida Dantas Barreto serão repassados à diretoria do Galo da Madrugada, que irá arcar com todos os custos de montagem e comercializar as entradas ao público.

‘O governo já havia desistido de montar o seu camarote da Torre Malakoff e hoje, após a decisão do prefeito Geraldo Julio de acabar com os camarotes, o governador Eduardo Campos decidiu cancelar também o seu espaço no Galo da Madrugada”, revelou o secretário estadual de Cultura, Marcelo Canuto.

‘Da mesma forma que decidiu não investir recursos públicos na realização do Fifa Fan Fest, o prefeito Geraldo Julio optou por não oferecer os receptivos este ano’, informou o secretário de Turismo e Lazer do Recife, Felipe Carreras. Ainda de acordo com o secretário, a decisão, que, segundo ele, vai economizar cerca de R$ 1 milhão aos cofres públicos, não possui conotação política e não teria sido influenciada por qualquer tipo de pressão popular.

O primeiro andar do Armazém 12 será transformado em um posto de observação da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e outros órgãos operativos. O objetivo da iniciativa é diminuir o tempo de resposta dos órgãos operativos em caso de ocorrências.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro