29 de dezembro de 2012 às 09h25min - Por Mário Flávio

Reportagem de Wagner Gil publicada no Jornal Vanguarda

Já está praticamente tudo pronto para a posse dos novos vereadores, prefeito e vice. Agora serão 23 legisladores que vão atuar em Caruaru, sendo 16 eleitos pela situação e apoiando o prefeito José Queiroz (PDT) e seu vice, Jorge Gomes (PSB), e sete pela oposição. A solenidade está marcada para acontecer na próxima terça-feira (1º), às 17h, na Casa Jornalista José Carlos Florêncio. De acordo com o secretário jurídico Márcio Sales, o procedimento será o seguinte: primeiro haverá a instalação do Poder Legislativo, que será conduzido pelo vereador mais votado, Demóstenes Veras (PSD), e os dois subsequentes: Marcelo Gomes (PSB) e Cecílio Pedro (PTB).

Essa comissão dará posse primeiro aos vereadores, depois ao prefeito e ao vice. Geralmente, o prefeito e o vice fazem um rápido discurso e deixam a Casa Legislativa acompanhados por uma comissão de três vereadores. Na sequência, inicia-se a votação para a Comissão Executiva. Essa comissão é formada pelo presidente, 1º vice-presidente e 2º vice-presidente, além do primeiro, segundo e terceiro secretários. Nesse momento são escolhidos o comando da Casa, ou seja, a Mesa Diretora, que é formada pelo presidente, primeiro e segundo secretários.

Existe muita expectativa quanto aos nomes que poderão ocupar a principal cadeira do Legislativo. Os mais fortes são Leonardo Chaves (PSD), que já administrou a Casa quatro vezes e teve todas as contas aprovadas pelo TCE, e Lula Tôrres (PR), também um vereador experiente e que está em seu quarto mandato. Correndo por fora, aparece o socialista Gilberto de Dora (PSB), mas é pouco provável que ele assuma o cargo, já que não vem articulando muito. Nos bastidores, existe um leve favoritismo de Lula Tôrres, mas a maioria dos governistas admite um discurso que mais parece um mantra: “Meu candidato é o do prefeito, é o que o prefeito indicar”.

O secretário-executivo de Relações Institucionais, Davi Cardoso, já havia garantido pelo menos sete votos para Lula Tôrres. Esses votos seriam dos governistas eleitos nas chapinhas, ou seja, vereadores que chegaram ao Legislativo graças ao coeficiente eleitoral. No entanto, até o próprio secretário evita afirmar o apoio a ele. “Desde cedo está decidido. Nosso candidato é o do prefeito. É quem ele apontar”, afirmou Davi, na última quinta-feira (27), quando Queiroz anunciava o terceiro lote de secretários.

LOTADA – A expectativa é que a Câmara de Vereadores esteja repleta de autoridades civis, militares e, principalmente, parentes dos vereadores. Com a reforma que ocorreu na Casa Jornalista José Carlos Florêncio, quem chegar ao local vai encontrar uma Câmara mais moderna, com novo piso, pintura, outros gabinetes e oito estátuas homenageando personalidades e artistas locais. “Nossa ideia foi criar um novo ponto turístico para Caruaru. A obra demorou um pouco, mas ficou pronta dentro da hora e a posse vai ocorrer aqui sem constrangimentos”, ressaltou o presidente da Câmara, Lícius Cavalcanti (PCdoB).

As estátuas que estão no hall da Casa homenageiam Tavares da Gaita (músico), Azulão (cantor), Prazeres Barbosa (atriz), Álvaro Lins (escritor), Onildo Almeida (compositor), José Condé (escritor), João Salvador (primeiro prefeito), Luiza Maciel (artista plástica) e Lídio Cavalcanti (cordelista).


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro