13 de janeiro de 2014 às 20h30min - Por Mário Flávio

20140113-203035.jpg

Após cinco dias preso o vereador Evandro Silva (PMDB) deixou a Penitenciária Juiz Plácido de Souza. Ele estava preso por determinação do Juiz Pierre Souto Maior por uma suposta ameaça ao prefeito Zé Queiroz e ao secretário de Relações Institucionais, Marco Casé. A defesa do peemedebista conseguiu no Tribunal de Justiça de Pernambuco liminar para que o habeas corpus fosse concedido.

A decisão foi expedida pelo Desembargador Fausto Campos. O vereador não falou com a imprensa ao sair da unidade prisional. O advogado Saulo Amazonas comentou a saída de Evandro da PJPS e voltou a criticar o segundo mandado de prisão do vereador em menos de três semanas. “Não havia necessidade dessa prisão, ele não ameaçou ninguém, nenhuma autoridade e nenhuma testemunha. Nunca teve a intenção de prejudicar o processo, de maneira que a prisão dele era totalmente desnecessária e comprovamos isso com a decisão do Tribunal de Justiça”, pontuou Amazonas.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro