31 de maio de 2018 às 21h27min - Por Mário Flávio

Reunindo obrigações fiscais, trabalhistas, tributárias e previdenciárias das empresas em um único sistema, o eSocial será obrigatório para todas as empresas do País a partir de julho de 2018. Neste contexto, a Fiepe traz para Caruaru a oficina “eSocial”, um treinamento completo sobre o assunto com estudos de caso e exercícios que simulam situações concretas de implementação do projeto. O objetivo é o de orientar as empresas na teoria e na prática para a transição.

Voltada para gestores, coordenadores, supervisores, analistas, assistentes de DP, RH e financeiro, a oficina oferece ao público oito horas de capacitação. Entre as abordagens do treinamento estão: estrutura geral do eSocial, fontes de informação, layouts e eventos, demandas para os sistemas de gestão, envio e recebimento de informações do ambiente, faseamento e eventos críticos, a revolução da Saúde e Segurança do Trabalho no eSocial, as principais áreas da organização impactadas pelo projeto e a implantação do sistema.

A Fiepe convidou o especialista Alberto Borges, com experiência na implantação do eSocial em empresas de grande porte e com certificação em gestão de processos (CBPP) pela ABPMP, para orientar os inscritos. O consultor em gestão de pessoas, processos e projetos de mudança organizacional também tem MBA em Gestão Empresarial e especialização em Gerenciamento de Processos Educacionais. “Será um dia inteiro de muita prática e discussões sobre o assunto. Vamos tirar dúvidas, conversar sobre o sistema e o aspecto de implantação do eSocial. Será um dia muito proveitoso e aguardamos todos vocês”, destaca o instrutor.

As inscrições para participar da oficina podem ser feitas pelo site da Fiepe (www.fiepe.org.br), pelo e-mail regional.agreste@fiepe.org.br ou pelos telefones (81) 3722.5667 e (81) 99123.7888. O investimento é de R$ 165, que pode ser dividido em até 3x sem juros nos cartões. A Fiepe dispõe de uma política de descontos: até 20% para indústrias associadas, sendo que a cada cinco inscrições realizadas com o mesmo CNPJ, a empresa pode optar por mais uma inscrição de cortesia ou 10% de desconto. Para estudantes e idosos, o desconto é de 15% (no caso dos estudantes, é necessária a apresentação de comprovante estudantil).


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro