1 de março de 2013 às 06h55min - Por Mário Flávio

O governador Eduardo Campos recepciona, nesta sexta-feira (01) os 669 novos residentes que irão atuar nas unidades da rede estadual de saúde de Pernambuco. A solenidade será realizada, a partir das 8 horas no Auditório Tabocas, no Centro de Convenções, em Olinda. O Governo do Estado irá investir, por ano, R$ 40 milhões na formação de especialistas para o SUS. Do total de vagas, 447 são para médicos, representando um aumento de 29% desde 2008, quando foram ofertados 345.

Ampliou-se o número de vagas, por exemplo, para os programas de anestesiologia (de 12 para 23, representando um crescimento de 91%), traumato-ortopedia (de 14 para 30 – 114%) e de cancerologia clínica (de 02 para 08 – 300%). Também estão sendo implantados sete novos programas em nove instituições: dermatologia, mastologia, cancerologia clínica, neurologia pediátrica, medicina nuclear, patologia e medicina paliativa, as quatro últimas inéditas em Pernambuco. Com essas, somam-se 40 especialidades, além de 23 áreas de atuação (sub-especialidades).

Há, também, 222 vagas para profissionais de outra formações, como enfermeiros, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, farmacêuticos, fonoaudiólogos, biomédicos, biólogos, assistentes sociais, educadores físicos, nutricionistas e veterinários. Isso representa um aumento de 73,4% em relação a 2008, quando eram 128 vagas. Os classificados atuarão em 22 instituições de saúde do Estado. As unidades com maior quantidade de vagas, na área médica, são os hospitais Getúlio Vargas (115), Barão de Lucena (108) e Restauração (100).

A bolsa de auxilio aos estudos para os residentes é de R$ 2.384,82, conforme estabelecido pelo Ministério da Educação para todo o Brasil. Por ano, o Governo do Estado investe mais de R$ 40 milhões na formação de especialistas na Saúde, enquanto em 2007 eram R$ 22,6 milhões, um aumento de 77%. As residências podem durar até cinco anos, e, ao final de cada formação, o aluno precisa apresentar uma monografia para concluir a especialização.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro