14 de março de 2012 às 22h25min - Por Mário Flávio

Na manhã desta quarta-feira (14), o deputado estadual Edson Vieira (PSDB), foi o entrevistado do programa Folha Política, da Rádio Folha de Pernambuco. Foram abordados assuntos relacionados à Santa Cruz do Capibaribe, política local e sua postulação como pré-candidato ao executivo municipal. Em questionamentos sobre a sua aliança com o deputado Diogo Moraes (PSB), Vieira destacou que a união foi motivada por fatores como a má gestão do atual prefeito Toinho do Pará, que representa uma continuidade do antecessor José Augusto Maia.

Sobre a declaração do deputado federal José Augusto Maia, também no Folha Política, de que Diogo Moraes teria traído seu grupo se unindo, Edson Vieira discordou dizendo que Diogo foi traído quando na eleição de 2010 Zé Augusto apoiou o deputado estadual da cidade de Belo Jardim, Cecílio Galvão. Quanto à possibilidade de enfrentar Zé Augusto no pleito deste ano, Vieira disse que gostaria que acontecesse: “seria um prazer, mas ele está enquadrado na Lei Ficha Limpa por seis anos de contas rejeitadas da sua gestão como prefeito, com acusações no Ministério Público de formação de quadrilha, superfaturamento do lixo e desvio na merenda escolar”.

Encerrando a entrevista, Edson Vieira citou os partidos que compõem sua base eleitoral, o PSDB, PSB, PSD, PP, PMN, PR, PTC, PDT, PSDC, PSC e anunciou que apresentará o seu candidato a vice-prefeito na próxima sexta-feira, às 9h30, em entrevista coletiva, na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe. “Eu e Diogo apresentaremos o vice da nossa chapa e mostraremos que temos um grande projeto para nossa cidade, que está estagnada há muito tempo e não acompanha o desenvolvimento de Pernambuco”, finalizou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro