19 de maio de 2015 às 08h30min - Por Mário Flávio

Neto

Um áudio divulgado por meio do aplicativo WhatsApp colocou mais fogo no PMN, um dos partidos mais emblemáticos de Caruaru. De acordo com o representante estadual da legenda, Ivanildo Pedro, o vereador Neto não será mais candidato a vereador na eleição do ano que vem. A falta de contribuição com o partido é o principal motivo, já que segundo o dirigente, faz mais de 20 meses que ele não paga a taxa obrigatória.

“Tivemos uma reunião com a nova diretoria e ficou definido que quanto ao vereador Neto, ficou definido que ele não será mais candidato a reeleição por dois motivos. Num dos nossos artigos, o político que não concede 2% dos votos válidos, comete infidelidade partidária e se enquadra nisso. Temos também a situação do artigo 94 do nosso Regimento, que fala sobre a questão da contribuição dos filiados com mandato. Ele teria a obrigação de depositar os cinco por cento do salário de vereador para o partido, mesmo ele estando afastado das funções, mas faz 26 meses que ele segue em inadimplência”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro