24 de janeiro de 2013 às 13h17min - Por Mário Flávio

O governo federal disse “sim” ao pleito apresentado pelo governador Eduardo Campos e vai colocar em leilão mais um bloco de exploração petrolífera em águas profundas no litoral pernambucano. A notícia foi transmitida a Eduardo pela própria presidenta Dilma Rousseff, em telefonema da noite da última quarta-feira (23/01). A medida resulta da ampliação da 11ª rodada de leilões de áreas para exploração de gás e petróleo de 172 blocos para 289. “Esperamos uma boa resposta do mercado”, disse a presidenta ao governador.

Além de Pernambuco, também terão concessões leiloadas os estados da Bahia (bacia Tucano-Sul), Espírito Santo, Paraíba, além da foz do Amazonas. Atualmente, já existem dois blocos concedidos e sendo prospectados pela Petrobras e a Galp no processo de sísmica de 3D. A solicitação do governo pernambucano foi apresentada à presidente em correspondência enviada na semana passada. O governador lembrava o fato de tanto Pernambuco quanto a Paraíba não terem sido incluídos nos últimos
leilões das bacias em exploração no Nordeste, apesar do “alto potencial produtivo” detectado em estudos técnicos.

O leilão está agendado para os dias 14 e 15 de maio, no Rio de Janeiro. Em área, o total dos blocos a serem concedidos saltará de 121 mil quilômetros quadrados para 155 mil quilômetros quadrados. O governo espera receber com bônus de assinatura no leilão cerca de R$ 1 bilhão e R$ 2 bilhões, segundo documento divulgado pelo Ministério das Minas e Energia. De Pernambuco e Paraíba, serão leiloados os blocos 785, 841 e 896, já certificados do ponto de vista ambiental e prontos para serem explorados com absoluta segurança.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro