14 de fevereiro de 2012 às 15h38min - Por Mário Flávio

Na próxima sexta-feira (17) os servidores da Destra realizam na sede do Sismuc uma assembleia para debater os rumos da negociação com a prefeitura de Caruaru. A ameaça de greve existe, mas a direção da Autarquia não trabalha com tal hipótese.

Hoje pela manhã, o diretor de Trânsito e Transporte da Destra, Sérgio Cardoso, disse não temer a greve e caso a mesma seja efetivada, o serviço não vai parar totalmente. “Apesar de ser um processo de negociação, nós temos o claro sentimento que existe um consenso entre os agentes, que o serviço oferecido por eles é de segurança. E mesmo que a paralisação aconteça, cerca de 30% do serviço continuará sendo oferecido, com o atendimento mínimo em operação”, pontuou.

A pauta de reivindicações dos servidores da Destra é extensa. Imagem: Vladimir Barreto


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro