16 de fevereiro de 2014 às 08h55min - Por Mário Flávio

Da Folha

Obrigados a destinar mensalmente 20% do salário líquido de R$ 26,7 mil ao partido, congressistas do PT disseram também ter contribuído em massa para ajudar a pagar as multas aplicadas aos quatro integrantes da sigla condenados e presos no processo do mensalão. A Folha ouviu 22 deputados e senadores petistas e encontrou 16 que declararam depósitos de até R$ 5 mil aos condenados ou a intenção de ainda colaborar, além de seis que disseram que não doaram e que nem vão doar.

O ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares foram os primeiros a ter sites de arrecadação, conseguindo arrecadar mais de R$ 1,7 milhão, o que possibilitou cobrir também a multa do ex-presidente da Câmara dos Deputados João Paulo Cunha.

Os três foram condenados pelo Supremo a pagar, ao todo, R$ 1,5 milhão. O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu teve seu site lançado na semana que passou –sua multa é de R$ 971 mil– e até o início da noite de ontem havia arrecadado pouco mais de R$ 301 mil.

“Nossos companheiros precisam de apoio financeiro. Já contribuo com o PT a vida toda, uma contribuição a mais, outra a menos, não vai fazer diferença”, afirmou a deputada Benedita da Silva (RJ), que declarou à reportagem o maior valor doado –R$ 2.500 a Genoino e R$ 2.500 a Delúbio.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro