15 de outubro de 2017 às 18h23min - Por Mário Flávio

dem

O DEM, que se esforça para receber nove novos deputados federais, está analisando dissolver diretórios estaduais para entregá-los, refeitos, aos novos filiados.

A dissolução no Mato Grosso, por exemplo, seria para acomodar Fábio Garcia e Adilton Sachetti. No Mato Grosso do Sul, a manobra seria por Tereza Cristina, atual líder do PSB na Câmara.

Também está sendo estudada a situação em Pernambuco, por Marinaldo Rosendo, e Piauí, para absorver Heráclito Fortes.

Essas costuras devem ser concluídas na próxima semana.Além disso, serão testados nomes para disputar cadeiras nos estados. As conversas sobre alianças estaduais já começaram.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro