29 de maio de 2012 às 10h20min - Por Mário Flávio

A ideia é votar novamente e deixar Josué apto para formar chapa ao lado de Thiago Nunes

A decisão conjunta tomada entre Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado pode respingar no ex-prefeito Josué Mendes (PTB), que vive situação similar em Agrestina. Ele teve as contas rejeitadas pela Câmara, conseguiu na justiça que a votação aconteça novamente e o julgamento político deve ser realizado na Terra do Chocalho.

Na época em que teve as contas rejeitadas, ele tinha a minoria na Câmara, mas após se aliar a Thiago Nunes (PDT), hoje tem ao seu lado seis, dos nove vereadores e todos já confirmaram que irão mudar o voto inicial, para que Josué possa ser candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Nunes.

Diante da decisão de MPPE e TCE a situação de Josué fica delicada.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro