Coronel pede demissão da chefia de gabinete da secretaria-executiva do GSI

Jorge Brandão - 26.04.2023 às 11:29h
Foto: Reprodução

O coronel da reserva Jorge Henrique Luz Fontes pediu demissão do cargo de chefe de gabinete da secretaria-executiva do GSI. Fontes foi exonerado a pedido pelo ministro interino do GSI, Ricardo Cappelli. A portaria com a saída foi publicada nesta quarta-feira (26) no Diário Oficial da União. As informações são do UOL.

O militar estava no cargo desde fevereiro de 2022. Segundo informações do Portal da Transparência, ele tinha um salário bruto de R$ 10.373,30. Até semana passada, a secretaria-executiva do GSI era comandada pelo general Ricardo José Nigri. Ele foi exonerado no mesmo dia que Cappelli foi nomeado para o comando do GSI no lugar do general Gonçalves Dias.