20 de julho de 2012 às 08h40min - Por Mário Flávio

Assim como o vereador comunista Edmilson do Salgado, a UJS em Caruaru, também ligada ao PCdoB, discorda oficialmente da decisão tomada pela executiva do partido em não subir no palanque do prefeito Zé Queiroz (PDT), candidato à reeleição. Em nota, a direção do movimento explicou que todos os jovens filiados à entidade decidiram apoiar o candidato da coligação Caruaru com a Força do Brasil. Nos bastidores, as declarações oficiais de Edmilson e da UJS soam como uma tentativa de isolar o presidente do partido e da Câmara Municipal, Lícius Cavalcanti, e sua postura independente.

No contexto
Segue a nota

A UJS vem através desta nota reforçar o seu apoio a reeleição do Prefeito José Queiroz, assim como foi tomado o seu posicionamento na plenária realizada no dia 05 de Julho, a qual contou com diversos jovens filiados a entidade, onde discutiram os motivos de apoiar o candidato da Frente Popular. A unanimidade foi de que o melhor nome para continuar trabalhando pela juventude de Caruaru é o prefeito José Queiroz. Foi nessa gestão que a juventude foi protagonista de sua própria história. Conquistamos a descentralização do Cursinho Popular Edilson de Góis, a implantação do Conselho Municipal de Juventude, a conquista do Palco Alternativo que inclusive foi uma das pautas nos dois últimos congressos da entidade, como também a criação do Festival de Bandas de Garagem e que esse ano já vem com a sua segunda edição, e diversos programas e projetos desenvolvidos pela atual gestão, entendendo que a melhor proposta de juventude é da UJS, reafirmamos nosso apoio.

Kimberlly Rocha
PresidentA UJS-Caruaru

Michelly Pereira
Direção da UJS-PE

Amanda Rafaella
Diretora de Comunicação da UJS-Caruaru.

 


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro