1 de março de 2012 às 11h00min - Por Mário Flávio

O projeto de construção de uma estátua de Frei Damião no Santuário a ser construído em Caruaru começa a gerar polêmica entre evangélicos e católicos. O pastor Nicácio Moura, que lidera a ingreja Vale da Benção Central criticou a iniciativa e sobrou para o prefeito Zé Queiroz (PDT). O evangélico, tem uma participação diária num programa na rádio na 102 FM e fez duras críticas ao Chefe do Executivo Municipal. “Estou decepcionado com o prefeito por apoiar um projeto desses”, disse.

Ele é contra a construção do monumento, já que a maioria das igrejas evangélicas não cultua imagens. O debate deve ser quente, uma vez que Caruaru conta hoje com um grande percentual de evangélicos e o pastor Nicácio é uma das lideranças mais conceituadas do segmento em Caruaru. É  a segunda vez que o pastor se posiciona contra a construção de uma imagem. Ele chiou muito com a estátua de São Francisco, erguida na frente da Igreja, que fica na Rua Preta.

No mês passado, a prefeitura apoiou uma missa para a criação do Complexo Turístico Frei Damião em Caruaru. A ideia é uma iniciativa da ordem dos Frades Capuchinhos, que luta para construir um santuário em homenagem ao homem que se tornou um fenômeno de popularidade religiosa no Nordeste. Atualmente os restos mortais de Frei Damião estão no Convento São Félix, no bairro do Pina, no Recife, mas com a construção da obra, devem vir para Caruaru.

A ESTÁTUA – A autoria do Projeto é do Padre Silvano Onofre Amorim, que além de sacerdote é arquiteto, com especialização em Espaço Sagrado pela Universidade Nossa Senhora da Assunção de São Paulo. A estátua de Frei Damião Bozzano assinada pelo artista plástico Caxiado terá 35 metros de altura ficará sobre uma base de 10 metros onde abrigará o Museu Frei Damião. Por enquanto está na fase de liberação de documentação pela CPRH para o desmatamento da área necessária.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro